ALMANAQUE PRIDIE KALENDAS

 DESEJA AOS SEUS VISITANTES E AMIGOS

 

 

JOGO DE DAMAS

Quem não conhece o jogo de damas? Muitos poucos não é verdade? Talvez a novidade, se é que podemos classificar assim, é o jogo embutido no Gadget, uma tecnologia que ainda vai dar muito o que falar. Quanto aos aspectos históricos do jogo de damas, a difusão junto ao grande publico é relativamente pequena; o xadrez, que dizem ser o seu pai, já foi muito mais difundido, e, apesar da relativa dificuldade, foi muito bem absorvido pela sociedade. Uma das maiores autoridades, Luiz Cabrerizo, em seu livro MANUAL DO JOGO DE DAMAS, da Edições e Publicações Brasil Editora S/A, com 248 ilustrações, nas páginas 10 e 11 nos ensina um pouco sob esse delicioso jogo:

"Sabe-se que o jogo de damas é conhecido desde os tempos imemoriais, no Extremo Oriente. Nas escavações feitas no Vale do Nilo, foram encontradas incrustações com desenhos do tabuleiro e algumas pedras soltas, pelo que se pode afirmar que era jogado no antigo Egito desde a época de Osortasen I, pois nas paredes do palácio de Ramsés Meiamoun, em Medinet-Habou, existe um desenho que representa este Faraó jogando Damas com uma de suas mulheres. Igualmente nos mausoléus de Saggarah, no Egipto, se vêem tabuleiros de Damas.

Os gregos, referindo-se aos tempos antigos e apoiados em alguns dados de Platão, afirmavam que Mercúrio teria sido o inventor do Jogo de Damas.

Os tratadistas geralmente concordam em que um jogo similar era jogado pelos egipcios há 1.600 anos a.C e que um forma do mesmo era popular na Grécia Antiga.

O livro "The Complete Book of Games" diz: "O jogo de damas é uma descendência antiga do xadrez, jogado no Egípto e na Nubia em 2.000 a.C., onde as pedras, redondas, tinham um botão sobre elas, semelhante aos peões do xadrez." ...

E assim em diante...Devido ao número muito grande de sistemas de damas que são jogados pelo mundo, com suas leis e regras, umas diferentes das outras, há anos, H. Hoogland, mestre holandês e campeão mundial de damas de 1912 a 1925, tentou fundir os sistemas e unificar as regras dos jogos de damas existentes pelo mundo. Esse sistema ficou conhecido como DAMA INTERNACIONAL. Todavia, a chamada DAMA INGLESA (DRAUGHTS), jogada na Inglaterra e nos Estados Unidos da América, parece que prevaleceu, e é a versão que será disponibilizada abaixo. Em linhas gerais, as regras são as seguintes:

Como veremos, joga-se em tabuleiro de 64 casas e são as pedras pretas (verdes no Gadget) que dão o lance inicial, isto é, começam a partida, sendo, por isso, nas notações das partidas, o lance primeiro o das pretas (verdes no Gadget) e a resposta representa o lance das brancas (dado automaticamente pelo sistema). A casa angular branca fica do lado direito de cada jogador.

A dama anda somente de casa em casa, sendo por isso chamada de "dama curta". As pedras só tomam (comem) para a frente e não podem tomar (comer) dama. Cada jogador joga com 12 pedras, que, partindo de 1 para 8, andam só pelas casas pretas do tabuleiro (conforme diagrama que preparamos abaixo). Testamos o jogo em várias partidas; não foram encontrados bugs. É só clicar na pedra, segurar como o mouse, arrastar para a casa escolhida, soltar a pedra; a réplica (brancas) é dada pelo sistema. Boa Sorte!

 

                       
V   8 7 6 5 4 3 2 1    
  H                  H B
E G                 G R
  F                 F A
R E                 E N
  D                 D C
D C                 C A
  B                 B  S
E A                 A  
    1 2 3 4 5 6 7 8    
S                      

 

 

 


Voltar