CALENDÁRIOS

JUDAICO (Continuação)

 

2.2.1- A COMPOSIÇÃO DO ANO JUDAICO (OS SEIS PARADIGMAS) (CONTINUAÇÃO

Os nomes dos meses, de origem babilônica, poderão ser apreciados no quadro a seguir:

ORDEM NOMES

BABILÔNIOS

MESES JUDAICOS

APÓS

CATIVEIRO

MESES JUDAICOS

EM

PORTUGUÊS

primeiro mês NISÃ NISÃ NISSAN
segundo mês ZIVE IYAR IYAR
terceiro mês SIVÃ SIVÃ SIVAN
quarto mês TAMUZ TAMUZ TAMUZ
quinto mês ABE ABE AV
sexto mês ELUL ELUL ELUL
sétimo mês ETANIM TISRI TISHREI
oitavo mês BUL MARHESHWAN CHESHVAN
nono mês QUISLEU QUISLEU KISLEV
décimo mês TEBETE TEBETE TEVET
décimo primeiro

mês

SEBATE SEBATE SHEVAT
décimo segundo mês ADAR ADAR ADAR I

ADAR II

A totalização dos meses, em dias, mantém uma padronagem a saber:

Os meses de Cheshvan, Kislev e Adar, flexionam-se em 29 ou 30 dias e os meses abaixo, permanecem fixos
Tishrei 30 dias
Tevet 29
Shevat 30
Adar II 29
Nissan 30
Iyar 29
Sivan 30
Tamuz 29
Av 30
Elul 29

2.2.2- ESTATÍSTICA APLICADA AOS SEIS PARADIGMAS

Analisamos 10 ciclos de 19 anos do calendário judaico, abrangendo de 5568-5757, respectivamente 3 de outubro de 1807 a 1 de outubro de 1997 da Era Comum, envolvendo exatamente 69.396 dias, tivemos:

120 anos comuns e 
70 anos embolísmicos

A freqüência do universo da seleção abrangida foram:

TOTAL DE DIAS NO ANO FREQÜÊNCIA TOTAL GERAL EM DIAS
355 56 19.880
354 47 16.638
383 32 12.256
385 29 11.165
353 17 6.001
384 9 3.456
     
TOTAL 190 69.396

(OBS:- Caso haja interesse nos detalhes do período pesquisado, havendo solicitação por e-mail : pedro_junior@uol.com.br, teremos a maior satisfação em remeter os parâmetros envolvidos)

2.2.2- OS CICLOS (MACHZORIM) DO CALENDÁRIO

Anteriormente, os chamados anos embolísmicos eram determinados empiricamente, sem uma sistemática padronizada.

Após Hillel II, estabeleceu-se um padrão, mantido até os nossos dias.

Para conciliar a diferença natural entre os ciclos do Sol e da Lua, intercala-se um mês, sete vezes, em cada conjunto de 19 anos, na seguinte ordem:

3 6 8 11 14 19 anos

Por sua vez, a quantidade de dias, em cada ciclo de 19 anos, compõe-se de 6.939 dias, 6.940 ou 6.941 dias: a guisa de curiosidade, através da mesma pesquisa citada no parágrafo anterior, nos mesmos 190 anos, tivemos:

6.939 dias ciclos 294,296,298,301,302 X 5 = 34.695 dias
6.940 dias ciclos 295, 297, 300, 303 X 4 =  27.760 dias
6.941 dias ciclo 299 X 1 = 6/941 dias
  Total 69.396 dias

Para se determinar qual o ciclo e a sequencia de 19 anos, que pertence um ano judaico, desenvolvemos um método prático, aplicando-se o fatores da tabela abaixo:

ANOS EMBOLÍSMICOS SEQÜÊNCIA FATORES ANOS EMBOLÍSMICOS SEQÜÊNCIA FATORES
  1 ,052   11 ,578
  2 ,105   12 ,631
  3 ,157   13 ,684
  4 ,210   14 ,736
  5 ,263   15 ,789
  6 ,315   16 ,842
  7 ,368   17 ,894
  8 ,421   18 ,947
  9 ,473   19 ,000
  10 ,526      
EXPLICAÇÕES ADICIONAIS
Quando a divisão for exata (fração zero) a ordem no ciclo e 19; o inteiro representa a quantidade exata de ciclos
Quando a divisão não for exata, acrescentar uma unidade ao resultado; a fração representa a seqüência de 1 a 18 no ciclo de 19 anos.

Vejamos alguns exemplos:

A) Qual seria o ciclo e a sequencia dos 19 anos do ano judaico 5586 (1825/1826) ?

5586/19 = 294, 000

Resposta:- Ciclo 294; pela fração zero, olhando a tabela acima, deduziremos ser o 19 ano do ciclo, de um ano embolísmico.

B) E para o ano 5.625 (1864/1865) ?

5625/19 = 296, 052

Resposta:- A cifra, por ter ultrapassado o número 296, indica claramente que o período foi o 297; e, pela tabela, com o fator 0,52, o primeiro ano da série de 19.

C) Finalmente, se quiséssemos analisar o ano 5751 (1990/1991) ?

5751/19= 302,684

Resposta:- Ciclo 303, 13 ano da seqüência de 19.

Por sua vez, para calcularmos as correspondências de ano judaicos e gregorianos, disponibilizamos uma dos métodos mais simples que conhecemos, extraído do excelente trabalho Ciência Popular, Almanaque de 1956.

A era judaica atualmente usada é a da Criação do Mundo, segundo o Gênesis, em 7 de outubro do ano 3761 antes da era cristã. É a Criação do Mundo nesta data que se comemora no dia 1 de Tishri de cada ano civil, como dia de Ano Novo.

O ano 344 da era cristã, em que se diz ter tido o começo o calendário de Hillel, corresponde ao ano 344 + 3761 = 4105.

Para achar a correspondência entre as eras judaica e cristã, temos a seguinte regra:

Se é dado o ano da era judaica, subtrai-se dêle 3761; se é dado o da era cristã, adiciona-lhe 3761. No primeiro caso obtêm-se o ano da era cristã, cujos últimos mêses (de setembro a dezembro) correspondem aos primeiros mêses judaicos (Tishri a Thebeth) sendo o correspondente aos restantes, os primeiros do ano cristão seguinte; no segundo caso, obtém-se o ano judaico correspondente aos últimos meses (setembro a dezembro) do ano cristão, sendo o correspondente aos primeiros mêses (janeiro a agosto) os do ano anterior.

Exemplos:

Primeiro:- Achar os anos cristão correspondentes ao ano judaico 5699.

Temos: 5699 - 3761 = 1938.

Os anos cristãos correspondentes ao ano judaic o 5699 são 1938/1939: os mêses de setembro a dezembro de 1938 correspondem aos mêses Tishri a Thebeth; osde janeiro a agosto de 1939, correspondem aos restantes mêses do ano judaico.

Segundo:- Achar os anos judaicos correspondentes ao ano cristão 1939.

Temos: 1939 + 3671 = 5700

Os anos judaicos correspondentes ao ano cristão 1939, são 5699/5700; os mêses de Shebath a Ellul de 5699 correspondem aos mêses de janeiro a agosto de 1939; os de Tishri a Thebeth de 5700, aos de setembro a dezembro

2.2.3- RESTRIÇÕES QUE AFETAM DIRETAMENTE O SISTEMA

A alternância dos 6 tipos de calendários, ao longo dos 19 anos, em cada ciclo, totalizando 6.939, 6.940 ou 6.941 dias, são funções das fixações das datas festivas e, conseqüentes restrições.

Os procedimento de maior magnitude e balizador dos demais  encaixes das fixações no calendário é o estabelecimento do Primeiro dia de Tishrei (ROSH HASHANÁ); para isso, há de se conhecer o MOLAD (conjunção ou novilúnio) com precisão.

Estabelecido o instante preciso do fenômeno (dia, hora e respectiva fração) o Primeiro de Tishrei (primeiro dia do ano civil) é fixado.

Correspondendo-se, porém, com o calendário gregoriano, esse primeiro dia, jamais poderá cair num domingo, quarta ou sexta-feira; caso isso aconteça, o Primeiro de Tishrei será prorrogado, respectivamente, para segunda, quinta ou sábado.

Outrossim, mesmo na hipótese do MOLAD cair em dias exeqüíveis, porém, após ao meio-dia, o Primeiro de Tishrei é transferido para o dia após o dia seguinte.

Outra data importante, o 10 de Tishrei (YOM KIPUR- DIA DO PERDÃO), por sua vez, não poderá incidir numa terça, sexta ou domingo.

Quanto a HOSHANÁ RABÁ (GRANDE HOSANA), no dia 21 de Tishrei, não poderá incidir numa terça, quinta ou sábado.

Felizmente, respeitando-se a fixação do Primeiro dia do ano civil em segundas, terças, quintas ou sábados, os dias 10 de Tishrei, cairão automaticamente nos dias da semana quartas, quintas, sábados e segundas; por sua vez, o dia 21, no domingos, segundas, quartas ou sextas.

2.2.4- FIXAÇÃO DO EVENTOS RELIGIOSOS

Além de fiel aos ciclos lunares, conciliados com o solar, o calendário judaico preserva, com rara eficiência, uma eqüidistância cíclica dos eventos religiosos, tradicionalmente denominados de fixações (K'VIOTH).

Os registros, pelo menos os consultados, divulgam serem 14 as fixações que orientam as confecções dos 6 tipos de calendários, no decorrer dos ciclos de 19 anos.

Complementando, também há em todos os meses, um ou dois dias de reverências especiais; são os dias de ROSH CHÓDESH (Lua nova).

Como sabemos, antes da reforma efetuada por Hillel II, a Lua  Nova era proclamada pelo SINHEDRIM, após o depoimento visual de duas testemunhas.

Em conseqüência, nos locais distantes, em que os mensageiros não tinham condições de chegar a tempo para divulgar o dia da Lua Nova, adotou-se o procedimento de se festejar dois dias, prática aliás, adotada até os dias de hoje.

Há, porém, um balizador.

Quando o mês anterior têm 30 dias, o dia primeiro de ROSH CHÓDESH será nesse dia e, o segundo, no primeiro dia do mês subseqüente:

Exemplo:-

Ano 5750 (1989-outubro/novembro

30 de Cheshvan - Primeiro dia de Rosh Chódesh

Ano 5750 (1989- novembro/dezembro

1 de Kislev- Segundo dia de Rosh Chódesh

2.2.4.1- OS PRINCIPAIS EVENTOS RELIGIOSOS JUDAICOS (FIXOS)

A) SOLENIDADES DATAS
ROSH HASHANA (ANO NOVO) Primeiro de Tishrei (não permitido em: domingo, quarta e sexta)
YOM KIPUR 10 de Tishrei
B) FESTAS MOSAICAS DATAS
Pessach (Páscoa) 15 de Nissan
Lag Baomer 18 de Yiar
Shavuot (Pentecostes) 6 de Sivan
Sucot (Tabernáculos) 15 de Tishrei
Hoshana Rabá (Grande Hosana) 21 de Tishrei (embora pertencentes a Sucot, podem ser consideradas festas independentes)
Hoshana Torá (Alegria da Lei) 23 de Tishrei (embora pertencentes a Sucot, podem ser consideradas festas independentes)
C) FESTAS POST-MOSAICAS DATAS
Chanucá (Restauração) 25 de Kislev
Purim 14 de Adar ou Adar II (anos bissextos ou embolísmicos)
D) JEJUNS (Além dos de Yom Kipur- Jejum maior e de Purim) DATAS
Shivá Assar Be- Tamuz (Aniversário da Tomada de Jerusalem) 10 de Tevet (Em virtude do ano não iniciar em um domingo, quarta e sexta, esse dia jamais cairá em um sábado)
Tisha Be-Av (Duplo aniversário da Tomada de Jerusalem) (*) Quando o jejum cai em um sábado, automaticamente é transferido para o dia imediato, o domingo, respectivamente dias 18 de Tamuz, 10 de Av e 4 de Tishri)
Tisha Be-Av (Duplo aniversário da Tomada de Jerusalem e da Demolição do Templo) (*)
Guedália (Aniversário do assassinato de Guedália) (*)
OBS: SOBRE O MÊS DE TEVET

Os primeiros dias deste mês coincidem com os últimos dias de Chanucá, festa iniciada no dia 25 do mês anterior (Kislev). Se o mês de Kislev tiver 29 dias, em 1,2 e 3 de Tevet, ainda será comemorada a festa de Chanucá; nos anos em que o mês de Kislev possuir 30 dias, Chanucá será celebrada, no mês de Tevet, nos dias 1 e 2.

2.2.5- QUANDO O CALENDÁRIO DE HILLEL II FOI INTRODUZIDO (HIPÓTESE)

Não há consenso sobre a data de introdução do calendário em epígrafe.

Dentre as fontes consultadas, talvez por conter mais detalhes, aceitamos ter sido no da de 4105, em 1 de Tishrei, 24 de setembro do ano de 344, uma segunda feira.

Em uma tentativa conciliatória estilizada (tabela abaixo), aplicando-se o MOLAD, os cálculos induze-nos a concluir que a Lua Nova ocorreu em 23 de setembro e, por ter sido um domingo, transferida para o dia 24 de setembro, uma segunda-feira.

O INÍCIO DO ANO DE HILLER II (CONCILIAÇÃO ESTILIZADA)
A) PARÂMETROS INICIAIS
ANO JUDAICO 4105- 1 DE TISHREI

4105/19 = 216 - Conforme tabela item 2.2.2- Ciclo 217- Primeiro ano dos 19

ANO JULIANO- 24/09/344- UM ANO BISSEXTO
B) PARÂMETROS FINAIS (ESCOLHIDO PARA FACILITAR OS CÁLCULOS)
ANO JUDAICO 5757- 29 DE ELUL

5757/19= 303- Conforme tabela item 2.2.2- Ciclo 303- 19 ano

ANO GREGORIANO- 1/10/1997- ANO COMUM- QUARTA FEIRA
C) LUA NOVA EM 1/10/1997
Conforme efemérides- 16 horas 53 minutos
D) DIAS TRANSCORRIDOS DE 4105 (1 DE TISHREI) À 5757 (29 DE ELUL)
(24/09/344- 1/10/1997- 16 horas 53 minutos)
Calculado das 24 horas às 24 horas
24/09/344-31/12/344 99 dias
1/01/345- 4/10/1582 452.091 dias
15/10/1582-30/09/1997 151.562 dias
1/10/1997 (das 0 horas às 16 horas e 53 minutos) 0,70347222 dias
Total 603.752,70347222... dias
E) LUNAÇÕES EXISTENTES NO PERÍODO X MOLAD (29,5305941358 DIAS MÉDIOS)
Ciclos 87
Lunações em cada ciclo de 19 anos  235
Total de lunações nos ciclos 20445 (235 X 87)
Total de dias (lunações X Molad) 603.752,997106 dias
F) LUNAÇÕES EXISTENTES NO PERÍODO X REVOLUÇÃO SINÓDICA ACEITA ATUALMENTE
 
20.445 Lunações X 29,5305888531 (US Naval Observatory) = 603.752,889102 dias
 
Diferença insignificante de 0,108004 dias, ou, 2 horas, 35 minutos e 31,5456 segundos

3- CARACTERÍSTICAS COMPLEMENTARES DO CALENDÁRIO JUDAICO

3.1- O CALENDÁRIO ECOLÓGICO

Que a Internet é surpreendente todos nós sabemos! Porém, nas inúmeras pesquisas efetuadas, cada vez mais vamos armazenando um contingente fantástico de informações; fruto de uma dessas incursões pela grande rede, localizamos um trabalho profissional e feito com muito amor, pela  Dra. JANE BICHMACHER DE GLASMAN- Professora e Coordenadora do Setor de Estudos Hebraicos da UERJ, Professora do ISTARJ, escritora, a qual, ainda não tivemos o prazer de conhecer pessoalmente.

Convidamos os nossos visitantes, se possível, prestigiarem esse trabalho, acessando o site:

        Calendário e Ecologia
Além de inúmera informações técnicas sobre a sistemática do calendário judaico, você poderá ler jóias literárias como a que segue:

Sobre a responsabilidade do homem diante da natureza conta o Talmud:

"Criado o primeiro homem, levou-o a Deus a passear entre as árvores e lhe disse : Observa as obras que criei, vê como são belas ! Procura não pecar e não destruir o mundo que fiz. Pois se vieres a estragar algo, não haverá quem conserte".

 


continua