CALENDÁRIOS

MESOAMERICANOS - CALENDÁRIO ASTECA

 

 OS SISTEMAS DE CALENDÁRIOS NA AMÉRICA PRÉ-COLOMBIANA

1- O CALENDÁRIO ASTECA

1.1- FUNDAMENTOS

Os Astecas, como outros povos da antiguidade, conheciam com precisão os fenômenos astronômicos, principalmente relativos ao Sol e a Lua.

Um dos monumentos documentais mais espetaculares da sua civilização foi sem dúvida a Pedra do Sol, encontrada em 1790 na cidade do México, por ocasião das escavações executadas, afim de se reforçar os alicerces da Catedral da Cidade.

Um enorme bloco de pedra vulcânica, medindo mais de 5 metros de diâmetro por 1 metro de espessura, pesando aproximadamente 25 toneladas, onde no centro está representado o Sol com seus movimentos.

Os raios do Sol com as oito divisões do dia e as oito da noite, são supostamente representados na roda, pelos triângulos; completando um total de 20 quadros, especificando os signos do dia e pontos específicos, oriundos das combinações que contam os anos.

Quanto a estrutura sistêmica do calendário, os indícios levam a crer que os astecas inspiraram-se nos sistemas maias.

Outrossim, em várias fontes, constam comentários de que a operacionalidade do sistema, deixaria a desejar comparado com os maias. Confessamos que tal posicionamento sempre intrigou-nos; normalmente, e até pela lógica, os eventos subseqüentes tendem a suplantar os antecedentes.

Mesmo intrigados, contrariando o nosso modo de ser, aceitamos de uma forma até passiva tais afirmações.

Porém, ao passar para a fase de análise propriamente dita, tabulando as informações que tínhamos a nossa disposição, as mesmas pareciam refletir uma tendência oposta, até fazer com que chegássemos a uma descoberta gratificante, pelo menos para nós:

POR INCRÍVEL QUE PUDESSE PARECER, O CALENDÁRIO ASTECA ERA OPERACIONALMENTE, NO MÍNIMO, OITO VEZES SUPERIOR AO DOS MAIAS

Agora sim a lógica parecia prevalecer; os alunos astecas, pelo menos nos calendários, provavelmente a custa de grandes esforços, suplantaram os seus mestres.

Esse parecer fundamentou-se nos seguintes parâmetros:

1.2- SISTEMA OPERACIONAL

1.2.1- CALENDÁRIO RELIGIOSO DE 260 DIAS- TONOMATL

O calendário religioso dos astecas, na sua estrutura, era praticamente idêntico aos dos maias; os dias voltavam a repetir-se a cada 260 dias.

 Um período de 13 anos, 3.380 dias, formava um Tlalpili; cada 4 Tlalpili, 13.520 dias, constituia-se em um período de 52 anos, ou, um Xiuhmolpili.

Por sua vez, 2 períodos de 52 anos (Xiuhmolpili), ou 104 anos, formava um Cohuehuetiliztle.

1.2.2- CALENDÁRIO ASTECA SOLAR DE 365 DIAS- TONALPOHUALLI

ASPECTOS GERAIS

O calendário em epígrafe compunha-se de 18 meses de 20 dias cada, mais um 19 mês mais curto de 5 dias, considerado pelos astecas como dias vazios. Quanto aos dias, ao invés dos maias que iniciavam o mês do Zero, os contavam a partir de 1 até 20.

A cada ciclo de 104 anos acrescentavam 25 dias, o que tornava o calendário de uma precisão incrível para a época, senão vejamos:

365 dias X 104 anos + 25 dias = 37.985 dias
37.985/104= 365,240384615

Considerando-se que a revolução trópica para o ano de 1995 foi de 365,242192957, temos uma diferença de 0,001808342 dias, ou

2 minutos e 36,241 segundos aproximadamente, em 104 anos

O período de 104 anos do sistema de calendário asteca também mantinha uma relação com 65 revoluções sinódicas do planeta Venus:

365 dias X 104 anos = 37.960 dias

Revolução sinódica de Venus= 584 dias X 65 = 37.960 dias

Convém salientarmos que também nos hieróglifos maias, mantinha-se uma interessante correlação do planeta Vênus com o calendário Haab:

8 ciclos do calendário Haab = 2.920 dias
(8 X 365)
5 revoluções médias de Vênus = 2.920 dias
(5 X 584 dias)

O CICLO DO CALENDÁRIO

Como já afirmamos, ficamos surpresos ao constatar, pelos nossos cálculos, que o ciclo do calendário asteca era de 416 anos, possibilitando uma rotatividade sistêmica  8 vezes maior do que a dos maias, ou seja, um dia só repetir-se-ia a cada 151.940 dias, com uma notação ainda mais prática.

Na nossa modesta opinião, o Ciclo Asteca se é que podemos chamá-lo assim, é de uma beleza harmônica, uma verdadeira obra prima sistêmica, que dificilmente será suplantado por outro calendário.

O ciclo maior compunha-se de 4 períodos de 104 anos, com 37.985 dias cada; na seqüência dos 20 dias do calendário, começando do dia 1, intercalavam-se a cada 5 dias, um que era por assim dizer, cabeça de chave.

1 Acatl O Sol
6 Tecpatl Vênus
11 Calli A Lua
16 Tochtli A Terra

No primeiro dia de cada grupo de 104 anos, ou 37.985 dias, revezando-se sistematicamente, tínhamos um desses cabeças de chaves; tal disposição rotativa, fazia com que o dia 1 Acatl fosse novamente o primeiro do ano somente após decorrido exatamente 151.940 dias.

Resumindo, tínhamos a seguinte escala:

104 anos iniciando com: 1 Acatl (O Sol) + 37.984 dias subseqüentes
104 anos iniciando com: 6 Tecpatl (Venus) + 37.984 dias subseqüentes
104 anos iniciando com: 11 Calli (A Lua) + 37.984 dias subseqüentes
104 anos iniciando com: 16 Tochtli (A Terra) + 37.984 dias subseqüentes
416 anos 4 primeiros dias acima 4 dias
  Total

151.940 dias

No ciclo de 151.940 dias, cada um dos 20 dias que deslizavam pelos meses do calendário asteca, tinham a oportunidade de repetirem-se exatamente 7.597 vezes.

Considerando-se as inclusões de 25 dias a cada 104 meses como um mês, tinham 3 tipos de meses; meses com 20, 5 e 25 dias. No ciclo, o quadro sinótico da quantidade de meses era:

Meses com 20 dias 416 X 18 X 20 =  149.760 dias
Meses com 5 dias 416 X 5 = 2.080 dias
Meses com 25 (*) dias 4 = 100 dias
  Total 151.940 dias

(*) Por desconhecermos o nome do mês dessa inclusão de 25 dias, o apelidaremos de Mês Largo, contrastando com o Mês Curto de 5 dias.

A MARCAÇÃO DOS DIAS         

A marcação dos dias pelos astecas diferia das dos maias. Citavam em primeiro lugar, o ano corrente(do ciclo), o nome do dia e, por último, o nome do mês.

Exemplo:-

1 Acatl Tlaxochimaco (primeiro dia do ciclo)
1 Ocelotl Tlaxochimaco (segundo dia do ciclo)
2 Ehecatl Tititl 

(170 dia do nono mês do segundo ano do ciclo)

416 Ozomatli Mês largo (penúltimo dia do ciclo)
416 Malinalli Mês largo (último dia do ciclo)

INÍCIO DO CICLO ASTECA

Desconhecemos, como existe para os maias, quaisquer correlações para um chamado Marco Zero do calendário asteca.

CALENDÁRIO SOLAR PERMANENTE

Como fizemos com o calendário dos maias, preparamos algumas planilhas, das quais, sem muito esforço, poderemos extrair informações úteis e principalmente classificar qualquer dia do ciclo asteca. Infelizmente, por não termos o marco zero do calendário e, por não podermos correlacioná-lo com o período juliano, fica prejudicada qualquer busca partindo-se de datas do calendário juliano ou gregoriano.

DEMONSTRAÇÕES ESTILIZADAS DO CALENDÁRIO ASTECA

A) ESTRUTURA BÁSICA DO CALENDÁRIO SOLAR- TONALPOHUALLI

(Primeira parte- lado esquerdo do calendário)

DIAS MESES 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
1 ACATL (SOL)  1 21 41 61 81 101 121 141 161 181
2 OCELOTL 2 22 42 62 82 102 122 142 162 182
3 CHAUHTLI 3 23 43 63 83 103 123 143 163 183
4 COZCACUALINTLI 4 24 44 64 84 104 124 144 164 184
5 OLLIN 5 25 45 65 85 105 125 145 165 185
6 TECPATL(VÊNUS) 6 26 46 66 86 106 126 146 166 186
7 QUIAHUITL 7 27 47 67 87 107 127 147 167 187
8 XOCHITL 8 28 48 68 88 108 128 148 168 188
9 CIPACTLI 9 29 49 69 89 109 129 149 169 189
10 EHECATL 10 30 50 70 90 110 130 150 170 190
11 CALLI (LUA) 11 31 51 71 91 111 131 151 171 191
12 CUETZPALLIN 12 32 52 72 92 112 132 152 172 192
13 COATL 13 33 53 73 93 113 133 153 173 193
14 MIQUIZTLI 14 34 54 74 94 114 134 154 174 194
15 MAZATL 15 35 55 75 95 115 135 155 175 195
16 TOCHTLI (TERRA) 16 36 56 76 96 116 136 156 176 196
17 ATL 17 37 57 77 97 117 137 157 177 197
18 ITZCUINTLI 18 38 58 78 98 118 138 158 178 198
19 OZOMATLI 19 39 59 79 99 119 139 159 179 199
20 MALINALLI 20 40 60 80 100 120 140 160 180 200

(Segunda parte- lado direito do calendário)

DIAS MESES 11 12 13 14 15 16 17 18 19  
1 ACATL (SOL)  201 221 241 261 281 301 321 341 361  
2 OCELOTL 202 222 242 262 282 302 322 342 362  
3 CHAUHTLI 203 223 243 263 283 303 323 343 363  
4 COZCACUALINTLI 204 224 244 264 284 304 324 344 364  
5 OLLIN 205 225 245 265 285 305 325 345 365  
6 TECPATL(VÊNUS) 206 226 246 266 286 306 326 346    
7 QUIAHUITL 207 227 247 267 287 307 327 347    
8 XOCHITL 208 228 248 268 288 308 328 348    
9 CIPACTLI 209 229 249 269 289 309 329 349    
10 EHECATL 210 230 250 270 290 310 330 350    
11 CALLI (LUA) 211 231 251 271 291 311 331 351    
12 CUETZPALLIN 212 232 252 272 292 312 332 352    
13 COATL 213 233 253 273 293 313 333 353    
14 MIQUIZTLI 214 234 254 274 294 314 334 354    
15 MAZATL 215 235 255 275 295 315 335 355    
16 TOCHTLI (TERRA) 216 236 256 276 296 316 336 356    
17 ATL 217 237 257 277 297 317 337 357    
18 ITZCUINTLI 218 238 258 278 298 318 338 358    
19 OZOMATLI 219 239 259 279 299 319 339 359    
20 MALINALLI 220 240 260 280 300 320 340 360    
NOME DOS MESES
1 TLAXOCHIMACO
2 XOCOTLHUETZLI
3 OCHPANIZTLI
4 TOTLECO
5 TEPEILHUITL
6 QUECHOLLI
7 PANQUETZALIZTLI
8 ATEMOZILI
9 TITITL
10 IZCALLI
11 ATLCAHUALO
12 TLACAXIPEUALIZTLI
13 TOZOZSTONTLI
14 HUEYTOZOZILI
15 TOXCATL
16 ETZASLCUALIZTLI
17 TECUILHUITONTLI
18 HUEYTECHUILHUITL
19 NEMONTEMI

Por sua vez, o posicionamento seqüencial dos meses nos anos, tinham uma rotatividade que se equacionava após o quarto ano de um determinado ciclo; vejamos como isso se dava em uma demonstração estilizada:

CALENDÁRIO ASTECA SOLAR (TONALPOHUALLI)- ROTATIVIDADE DOS MESES

PRIMEIRO ANO SEGUNDO ANO TERCEIRO ANO QUARTO ANO QUINTO ANO
1 ACATL (SOL) 6 TECPATL(VENUS) 11 CALLI(LUA) 16 TOCHTLI(TERRA) 1 ACATL (SOL)
2 OCELOTL 7 QUIAHUITL 12 CUETZPALLIN 17 ATL 2 OCELOTL
3 CHAUHTLI 8 XOCHITL 13 COATL 18 ITZCUINTLI 3 CHAUHTLI
4 COZCACUAUNTLI 9 CIPACTLI 14 MIQUIZTLI 19 OZOMATLI 4 COZCACUAUNTLI
5 OLLIN 10 EHECATL 15 MAZATL 20 MALINALLI 5 OLLIN
6 TECPATL(VENUS) 11 CALLI(LUA) 16 TOCHTLI(TERRA) 1 ACATL (SOL) 6 TECPATL(VENUS)
7 QUIAHUITL 12 CUETZPALLIN 17 ATL 2 OCELOTL 7 QUIAHUITL
8 XOCHITL 13 COATL 18 ITZCUINTLI 3 CHAUHTLI 8 XOCHITL
9 CIPACTLI 14 MIQUIZTLI 19 OZOMATLI 4 COZCACUAUNTLI 9 CIPACTLI
10 EHECATL 15 MAZATL 20 MALINALLI 5 OLLIN 10 EHECATL
11 CALLI(LUA) 16 TOCHTLI(TERRA) 1 ACATL (SOL) 6 TECPATL(VENUS) 11 CALLI(LUA)
12 CUETZPALLIN 17 ATL 2 OCELOTL 7 QUIAHUITL 12 CUETZPALLIN
13 COATL 18 ITZCUINTLI 3 CHAUHTLI 8 XOCHITL 13 COATL
14 MIQUIZTLI 19 OZOMATLI 4 COZCACUAUNTLI 9 CIPACTLI 14 MIQUIZTLI
15 MAZATL 20 MALINALLI 5 OLLIN 10 EHECATL 15 MAZATL
16 TOCHTLI(TERRA) 1 ACATL (SOL) 6 TECPATL(VENUS) 11 CALLI(LUA) 16 TOCHTLI(TERRA)
17 ATL 2 OCELOTL 7 QUIAHUITL 12 CUETZPALLIN 17 ATL
18 ITZCUINTLI 3 CHAUHTLI 8 XOCHITL 13 COATL 18 ITZCUINTLI
19 OZOMATLI 4 COZCACUAUNTLI 9 CIPACTLI 14 MIQUIZTLI 19 OZOMATLI
20 MALINALLI 5 OLLIN 10 EHECATL 15 MAZATL 20 MALINALLI

  B) ESTRUTURA BÁSICA DO CALENDÁRIO ASTECA RELIGIOSO (260 DIAS)

    1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13
1 ACATL (SOL) 1 41 81 121 161 201 241 21 61 101 141 181 221
2 OCELOTL 222 2 42 82 122 162 202 242 22 62 102 142 182
3 CHAUHTLI 183 223 3 43 83 123 163 203 243 23 63 103 143
4 COZCACUAUNTLI 144 184 224 4 44 84 124 164 204 244 24 64 104
5 OLLIN 105 145 185 225 5 45 85 125 165 205 245 25 65
6 TECPATL(VENUS) 66 106 146 186 226 6 46 86 126 166 206 246 26
7 QUIAHUITL 27 67 107 147 187 227 7 47 87 127 167 207 247
8 XOCHITL 248 28 68 108 148 188 228 8 48 88 128 168 208
9 CIPACTLI 209 249 29 69 109 149 189 229 9 49 89 129 169
10 EHECATL 170 210 250 30 70 110 150 190 230 10 50 90 130
11 CALLI(LUA) 131 171 211 251 31 71 111 151 191 231 11 51 91
12 CUETZPALLIN 92 132 172 212 252 32 72 112 152 192 232 12 52
13 COATL 53 93 133 173 213 253 33 73 113 153 193 233 13
14 MIQUIZTLI 14 54 94 134 174 214 254 34 74 114 154 194 234
15 MAZATL 235 15 55 95 135 175 215 255 35 75 115 155 195
16 TOCHTLI(TERRA) 196 236 16 56 96 136 176 216 256 36 76 116 156
17 ATL 157 197 237 17 57 97 137 177 217 257 37 77 117
18 ITZCUINTLI 118 158 198 238 18 58 98 138 178 218 258 38 78
19 OZOMATLI 79 119 159 199 239 19 59 99 139 179 219 259 39
20 MALINALLI 40 80 120 160 200 240 20 60 100 140 180 220 260

 


continua

Utilize o Comando Voltar do Seu browser