ALMANAQUE PRIDIE KALENDAS APRESENTA

 


 

 

 


PRÓLOGO
O grande René Descartes em seu Les Discours de la Méthode profetizou o seguinte:

"Não basta ter uma boa mente. O mais importante é saber usá-la bem."

Mais recentemente, Harry lorayne, autor do bestseller Como ter Uma Memória Superpoderosa- fornece todas as técnicas necessárias para treinar a memória até o nível máximo de seu potencial.

Na realidade, a nossa memória, em geral, para reter palavras é maior do que parece. Por exemplo, os 10.000 versos do Rig-Veda conservam-se, desde há três mil anos, na memória dos brâmanes e, não só um, mas milhares deles podem recitar os versos sagrados, palavra por palavra.

Da mesma maneira, milhões de muçulmanos sabem o Alcorão de cor. 

Com a devida permissão dos Amigos, abrimos um parênteses, para fazer uma homenagem ao grande escritor brasileiro Malba Tahan, citando um trecho do seu insuperável O HOMEM QUE CALCULAVA, extraído da 37 edição da Editora Record

Resposta de Beremiz, personagem principal do romance, ao ser argüido pelo sábio e teólogo Mohadebe que solicitou quinze indicações numéricas certas e notáveis sobre o Alcorão, o livro de Allah!

"- O Alcorão, ó sábio e venerável Mufti (Jurisconsulto muçulmano), compõe-se de 114 suratas, das quais 70 foram ditadas em Meca e 44 em Medina. Divide-se em 611 ashrs e contém 6236 versículos, dos quais 7 do primeiro capítulo Fatihat (Primeiro capítulo do Alcorão) e 8 do último, Os homens. A surata maior é a segunda, que encerra 280 versículos. O Alcorão contêm 46439 palavras e 323670 letras, cada uma das quais encerra dez virtudes especiais. O nosso Livro Sagrado cita o nome de 25 profetas. Issa, filho de Maria, (Jesus- Das cinco preces que os árabes proferem, todos os dias, uma delas é dedicada a Jesus.) é citado 19 vezes.

Há cinco animais, cujos nomes foram tomados para epígrafes de cinco capítulos: a vaca, a abelha, a formiga, a aranha e o elefante. A surata 102 tem por título: "A contestação dos números". É notável esse capítulo do livro incriado pela advertência que dirige, em seus cinco versículos, àqueles que se preocupam com disputas estéreis sobre números que não têm importância alguma para o progresso espiritual dos homens.

Neste ponto fez Beremiz ligeira pausa e logo acrescentou:

- Eis ai, para atender ao vosso pedido, as indicações numéricas tiradas do Livro de Allah! Houve, apenas, na resposta que acabo de formular, um engano que me apresso a confessar. Em vez de quinze relações, citei dezesseis! "

Continuando...

Todos os chineses ilustrados recordam o conteúdo dos seus livros clássicos e alguns chefes da Polinésia, enfim, podem repetir, de memória, extensas genealogias compostas de centenas de milhares de palavras. 

Para ilustrar, como exemplo de memória verdadeiramente prodigiosa, pode citar-se o seguinte fato sucedido no Parlamento Inglês entre Gladstone e Disraeli.

Ambos estavam sustentando uma discussão e o segundo citou certa frase que o primeiro havia pronunciado num discurso fora do Parlamento. Ao ouvir a citação, Gladstone saltou da cadeira e exclamou:

- Nunca, na minha vida, disse semelhante coisa!

Disraeli manteve-se silencioso e com as mãos atrás das costas, parecia esperar que o seu antagonista explicasse aquela exclamação. Todos os deputados assim o supunham, mas Gladstone também manteve-se silencioso.

Assim passou um minuto, dois minutos, e Disraeli continuava imóvel. Por último, quando se completaram três minutos de silêncio absoluto, ao mesmo tempo incomodativo e imponente, Disraeli principiou novamente a falar, dirigindo-se a todos, foi repetindo palavra por palavra, o discurso de Gladstone a que fizera alusão, sublinhando a frase que dera lugar ao incidente.

Aqueles três minutos de silêncio haviam bastado a Disraeli para recordar na integra um discurso que só lera uma vez.

É evidente que a memória será sempre uma "ferramenta" intelectual para todos nós, porém, nos dias atuais, principalmente com o advento da Grande Rede, temos mecanismos mais práticos para nos auxiliar quando necessitamos; a citação de Descartes que fizemos na abertura, nunca foi tão verdadeira, tão moderna, principalmente, quando pretensiosamente ampliamos a citação do mestre: Não basta ter uma boa mente. O mais importante é saber usá-la bem , inclusive, utilizando a maior mente virtual atual, a Internet.

1) MEMÓRIA DA INTERNET

Embora já esteja na nossa página de pesquisa, o Web Archive (nunca é demais divulgar esse projeto) foi distinguido pelo Pridie Kalendas para encabeçar a lista deste espaço.

UM PROJETO GRANDIOSO E MILIONÁRIO (WEB.ARCHIVE)

O Web Archive, um megaprojeto, financiado pelo milionário Brenwster Kahle e pela organização Alexa , conta com mais de 30 pesquisadores que desde 1996 armazenam praticamente tudo o que encontram pela grande rede.

Numa freqüência de dois em dois meses, aproximadamente, reiniciam o ciclo, capturando as páginas contidas na planilha de trabalho. Para que os Amigos tenham uma idéia, o projeto é de uma grandiosidade incomensurável, sendo de uma certa forma, maior que a própria rede, pois inserido nos fabulosos arquivos, juntam-se presente e passado.

Numa estatistica firmada somente durante o ano de 1999, foram 100 terabytes, aproximadamente 11 biliões de páginas congeladas, o equivalente a uma estimativa de 5 vezes o tamanho da Biblioteca do Congresso norte-americano.

O aparato tecnológico localizado geograficamente no presídio da cidade de São Francisco, consta dos seus bens patrimoniais:

200 computadores da HP, rodando sistemas Linux e FreeBSD, tendo cada máquina, aproximadamente 512 MB de memória e, com certeza, abrigam cada uma, o equivalente a 300 GB de dados em discos IDE.

Vamos dar uma olhada ? Querendo analisar como era o seu site preferido no período abrangente, ou  seja, a partir do ano de 1996, digite o endereço eletronico; uma nova janela irá abrir-se, com links classificados por períodos diversos , possibilitando ao pesquisador, avaliar a evolução das mesmas.

2) MEMÓRIA DO RÁDIO

No gênero,  com certeza o PROGRAMA MEMÓRIA, do jornalista Milton Parron é imbatível.

O acervo reúne mais de 3.000 registros sonoros da história do Brasil

 

ESTAÇÃO MEMÓRIA

SEJA BEM-VINDO À ÉPOCA DE OURO DO RÁDIO

 

Trecho do Hino Nacional cantado pelos soldados brasileiros da FEB, sob pesado bombardeio, transmitido do interior da Catedral de Pisa, na Itália, em 29 de outubro de 1944 pelo correspondente de guerra da BBC, Francis Hallawell.
registro sonoro do livro "Histórias que o Rádio não Contou",
 de Reynaldo C. Tavares, Negócio Editora).

 Você se emocionará com o fundo musical  disponibilizado. Por ser um arquivo no formato wav (913 kb- hinofeb), dependendo do seu equipamento , haverá um tempo de espera. Porém recomendamos um pouco de paciencia para ouvir essa verdadeira relíquia.

Esse material foi uma gentileza de http://jplopes.tripod.com obtido no setor de download; além das surpresas que o Amigo terá ao visitar o site, poderá obter arquivos raríssimos. Vale a pena o acesso.

3) CARTAZES DO CINEMA BRASILEIRO

Uma coleção virtual especial, que reverencia o nosso cinema, apresentando mais de trezentos (300) cartazes dos nossos filmes. Um verdadeiro achado; um trabalho de fôlego  que merece o nosso apoio e aplausos.

4) MEMÓRIA DA ELETRICIDADE NO BRASIL

A MEMÓRIA DA ELETRICIDADE é uma instituição cultural, sem fins lucrativos, instituída e mantida por empresas e órgãos do setor de energia elétrica brasileiro, atuando em prol da preservação da história da implantação e do desenvolvimento da indústria da eletricidade no país

5) MEMÓRIA DO TREM

Sociedade de Pesquisa para Memória do Trem, é uma entidade civil, de caráter cultural e instrutivo, sem fins lucrativos, fundada em 7 de novembro de 1992, com sede no Rio de Janeiro, RJ, destinando-se à pesquisa da história das Ferrovias e à guarda e divulgação das informações

6) MEMÓRIA BRASILEIRA

Fotografias, livros e cartões postais antigos

7) MEMÓRIA DE ÁFRICA

Memória de África© pretende ser um repositório de toda a informação relativa aos
Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa
desde o início do século XX até aos dias de hoje para
que essa memória não se perca com a dos homens que a protagonizam ou protagonizaram.

O repositório é baseado em Referências Bibliográficas e num Directório de Interesses relacionados com África.

8) MEMÓRIA DE LEITURA

O Projeto Memória de Leitura estuda diferentes aspectos da leitura, com especial ênfase em sua história e em sua prática no Brasil.

     É desenvolvido pelas professoras Marisa Lajolo e Márcia Abreu no IEL da UNICAMP e envolve pesquisadores de várias instituições.

9) MEMÓRIA DO FUTEBOL

O maior acervo histórico do futebol brasileiro

10) PROJETO MEMÓRIA

Criado em 1997 pela Fundação Banco do Brasil e pela Odebrecht, o Projeto Memória tem como objetivo valorizar a cultura e a história do país, homenageando personalidades e celebrando fatos que ajudaram a construir a identidade brasileira. Primeiro foi Castro Alves. Em seguida, Monteiro Lobato, Rui Barbosa e Pedro Álvares Cabral.

Em 2002, o Projeto Memória comemora o centenário de nascimento de Juscelino Kubitschek de Oliveira, presidente do Brasil entre 1956 e 1961 e um dos mais carismáticos governantes brasileiros.

11) UM TESTE DE MEMÓRIA

El objetivo del mismo consiste simplemente en memorizar una serie de objetos que te aparecerán y que podrás visualizar durante 30 segundos. Pasado este tiempo, los objetos desaparecerán y se te mostrarán unas casillas en las que deberás escribir los nombres de todos aquellos que recuerdes. Dependiendo del número de elementos que recuerdes se te dará una orientación de tu nivel de memoria.

   Por facilidad, todas las palabras deberás escribirlas en minúsculas y sin acentos tal y como las verás escritas debajo de cada imagen.

12) MEMÓRIA VIVA

13) A HISTÓRIA DE CANUDOS

14) MEMÓRIA

15) CEDEM- CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO E MEMÓRIA - UNESP

16) PARA NUNCA MAIS ESQUECER

seus compromissos, aniversários, reuniões e tudo o mais. O Memória irá te lembrar.

É de graça

17) TEATRO DELLA MEMORIA (ITALIANO)

Musica e dança da época do renascimento