CALENDÁRIO

ISLÂMICO  

 


O calendário islâmico é por convenção um calendário especificamente lunar; é um dos mais perfeitos.

A estrutura básica do calendário é a seguinte:

O ano compõe-se de 12 meses de 354 dias lunares, com ciclos de 30 anos, com 11 acréscimos de 1 dia , respeitando-se a seqüência: 2,5,7,10,13,16,18,21,24,26 e 29 anos.

Os anos com 354 dias são comuns e os anos com 355 são denominados abundantes; o acréscimo de 1 dia ocorre sempre no último mês Dulhya.

Os meses, a partir de Moharrem (início do ano) têm, alternadamente, 30 e 29 dias. O ciclo de 30 anos compõe-se de:

11 anos (abundantes) X 355 dias = 3905 dias e 19 anos comuns X 354 dias = 6726 dias , perfazendo um total de 10.631 dias.

Praticamente, o ano islâmico pode iniciar-se em qualquer mês do calendário gregoriano e, pelo exposto, percebe-se claramente o quanto é difícil, em um produto com características manuais, efetuar-se uma conciliação entre os calendários envolvidos.

Adeptos, simpatizantes, professores, pesquisadores, estudantes, ou qualquer cidadão comum, de uma maneira ou outra, algum dia irão necessitar de efetivas comparações e, seria interessante possuir um exemplar deste calendário permanente.

Qualquer empresário que queira distinguir-se dos demais, mediante um brinde de alta qualidade e exclusivo, poderá , no campo comercial, atingir um mercado em grande expansão, pois o islamismo cresce vertiginosamente a cada ano.